Atacado por bolsonaristas, bispo rebate: “Ele vai cair. #ForaBolsonaro”

Bispo auxiliar de Belo Horizonte, Dom Vicente Ferreira virou alvo de apoiadores do presidente após chamar Bolsonaro de “fascista” e “tirano”. “No amor, não há temos”, tuitou o religioso com verso bíblico em apoio aos atos do dia 19 de junho

Fonte: Revista Fórum

Classificado como “satanista” por apoiadores de Jair Bolsonaro (Sem partido) após críticas ao presidente, Dom Vicente Ferreira, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte (MG) e membro das Comissões de Ecologia Integral e Mineração e Cultura e Educação da CNBB, usou a metáfora bíblica de Davi e Golias para rebater os ataques.

“‘Comunista, anarquista, satanista’. Que lista! Podem atacar, mas não adianta fingir, ele vai cair. Todo Golias pensa que tem a proteção mais profunda. Porém, do outro lado, sempre haverá alguma funda. Avante, guerreiro Davi. Mire bem o alvo e seremos todos salvos. #ForaBolsonaro”, respondeu o religioso.

Os ataques de bolsonaristas a Dom Vicente aumentaram depois que ele chamou o presidente de “fascista e “tirano” e pediu a Deus para que nos livre desse “desgoverno” em tuite no último dia 13.

Neste sábado, 19 de junho, o bispo citou uma passagem bíblica – “no amor, não há temor” – para apoiar os atos que levaram mais de 750 mil pessoas às ruas de mais de 400 cidades do Brasil e do mundo pedindo o impeachment do presidente. Dom Vicente também lembrou os 500 mil mortos na pandemia.

“500 mil mortes. Que nosso luto se transforme em luta. Povo, nas ruas, gritando #ForaBolsonaro. Voz que ecoa em outros países. Ao Deus da vida, que escuta os gritos da gente, rezemos. E lutemos com esperança. Sem medo das perseguições porque “no amor, não há temor”. (1 Jo 4, 18)”, escreveu.