Após tortura psicológica no BBB, Lucas Penteado diz que saúde mental deve ser prioridade

Ex-BBB também revelou que espera por Gil e que vai carregá-lo “no coração para o resto da vida”

Fonte: Revista Fórum

Lucas Penteado, que abandonou o Big Brother Brasil após ter a sua sexualidade questionada pelos outros participantes, declarou à jornalista Patricia Kogut que está surpreso com tamanho acolhimento.

“A maior surpresa foi receber todo esse carinho. Eu não tinha noção de como as coisas estavam aqui fora”, revela Penteado.

O brother também contou que imaginava que fosse chegar ao aeroporto e encontrar apenas algumas pessoas querendo tirar fotos, mas conta que quando entrou no avião os outros passageiros começara a aplaudi-lo.

O ex-BBB também comentou sobre saúde mental. “O mundo todo está afetado por esses acontecimentos (guerras e coronavírus). Acho que por isso a saúde mental deveria ser prioridade na atenção dos governantes. O índice de suicídio vem aumentando, o de doenças psicológicas, também”.

Sobre as pressões que sofreu, Lucas declarou que não entrou no programa “para viver mais um problema. Aquilo (ficar confinado) poderia ser prejudicial à minha saúde mental, a minha sanidade. Então, decidi que era a hora de parar. Entrei para me divertir. Quando não consegui mais, saí”.

“As pessoas diziam frases para ovacionar, coisas que não imaginei ouvir. Elas me veem como alguém incrível, mas sou um cara normal”, disse.

Sobre Gilberto, com quem trocou beijos dentro da casa, Lucas declarou que vai carregá-lo no coração para toda a vida.

“Vou tê-lo no coração para o resto da vida. Tenho carinho muito grande por ele e por toda a família. Quando o Gil sair, quero dar um abraço. Se eu sou livre ou não, quando o Gil sair eu respondo”, declarou Lucas Penteado.