Primeira vereadora negra eleita em Curitiba recebe ameaças de morte por e-mail

“Sua aberração. Macaca fedorenta”, diz trecho da mensagem. A pessoa que assina o e-mail, Ricardo Wagner Arouxa, também ameaçou vereadora trans de BH

Fonte: Revista Fórum

A primeira vereadora negra eleita em Curitiba, Carol Dartora (PT), afirmou nas redes sociais neste domingo (6) que recebeu um e-mail com ameaças de morte. A mensagem é assinada por Ricardo Wagner Arouxa, que diz ser do Rio de Janeiro.

“Acabo de receber ameaças de morte. As autoridades já foram contatadas e todas as providências estão sendo tomadas para que seja garantida minha segurança e da minha equipe. Eles combinaram de nos matar, combinamos de ocupar tudo”, escreveu Dartora no Twitter.

No e-mail, o autor faz ataques racistas à vereadora, chamando-a de “aberração” e “macaca fedorenta”. Ele diz ainda que não aceita que ela tenha sido eleita enquanto ele está desempregado e vivendo de auxílio emergencial.

Em seguida, o autor da mensagem faz ameaças de morte explícitas contra Carol. “Eu juro que vou comprar uma pistola 9 mm no Morro do Engenho aqui no Rio de Janeiro e uma passagem só de ida pra Curitiba e vou te matar”, escreve.

O homem chega a citar um endereço que seria da vereadora e prossegue: “Depois de meter uma bala na sua cara e matar qualquer um que estiver junto com você, vou meter uma bala na minha cabeça”.

A pessoa que assina o e-mail também ameaçou Duda Salabert, vereadora trans eleita em Belo Horizonte, na semana passada. Por e-mail, o homem afirma que invadirá a escola em que ela trabalha para assassinar crianças e, depois, a vereadora.

“Vou invadir uma sala de aula do Bernoulli e vou matar todas as vadias, todos os negros (que infelizmente serão poucos, 1, ou 2 cotistas) e depois vou te matar”, afirma o homem na mensagem.